Morreu Billy Name, fotógrafo da Factory de Andy Warhol

O fotógrafo que se tornou o braço-direito de Warhol durante os anos 1960 morreu nesta segunda-feira, aos 76 anos, em Hudson.

William Linich, mais conhecido como Billy Name, é um dos mais importantes nomes da cena artística avant-garde nova-iorquina e do círculo de artistas que rodeavam Andy Warhol. Name foi o fotógrafo residente do seu estúdio, The Factory, e é graças a ele que hoje há um registo de todos os cantos daquele que era o mais rico ponto de encontro cultural na altura. Billy Name morreu nesta segunda-feira aos 76 anos, em Hudson, e já tinha vários problemas de saúde há algum tempo, incluindo diabetes. A notícia foi confirmada pelo seu agente, Dagon James, numa publicação feita no seu Instagram. “Para o mundo, ele era Billy Name. Para mim, era apenas Billy, uma alma bondosa, um artista brilhante e um dos meus melhores amigos.”

O fotógrafo, que trocou a cidade natal de Poughkeepsie pela palpitante vida artística em Nova Iorque, cedo começou a cruzar-se com nomes como o músico LaMonte Young e o grupo Fluxus, do qual fazia parte Yoko Ono. Em 1959, aos 19 anos, conheceu Andy Warhol enquanto trabalhava num restaurante, e os dois tiveram uma relação amorosa que rapidamente se tornou numa colaboração artística.

(mais)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s