Perdido entre paisagem deslumbrante e gastronomia de exceção

_dsf9740-copy

Que me perdoem esta semana de silêncio e de distância aqueles que me seguem com um pouco mais de atenção, mas tenho andado perdido pela paisagem mais avassaladora de Portugal Continental e pela gastronomia genuína, de sabores únicos – sim, ando “à deriva” por terra transmontana. O mais recente projeto produzido pela Chappa intitula-se “Os Lugares do Azeite Transmontano” e pretende – com uma dose de genuinidade muito generosa que as gentes de Trás-os-Montes incutem em quem por lá passa – retratar a alma do azeite transmontano, um dos melhores do mundo.

_dsf6789-copy

Por estas paragens passei uns anitos da minha vida, ainda puto, de muito boa memória. Agora, com o olhar mais treinado e à procura das gentes, lugares, hábitos e práticas que ajudam a definir o azeite transmontano, sinto-me deslumbrado, por vezes até intimidado pela paisagem destas paragens.

_dsf5039-copy

Por outro lado, ou não fosse o ensaio sobre o famoso ouro líquido, tempero inigualável e indispensável na dieta mediterrânica, tenho-me deliciado com as iguarias com que esta gente extraordinária me tem brindado.

Para lá volto amanhã, cedo; perdoem-me se, por uns diazitos, troco o bulício das redes sociais e da vida mais cosmopolita pela paz profunda com que estes montes e vales brindam quem se predispõe a contemplar toda a sua magnitude.

Até já.

_dsf0435-copy

 

Fotografia: X-Pro2 e a partir do topo: XF50-140mm, XF35mm, XF16-55mm e XF90mm

 

Publicado por John Gallo

I am a social documentary photographer, videographer and writer. I believe we need to focus on people, on human beings; we need to humanize the planet, to change our relationship with Nature and assure next generations a much brighter future. Winner of the 2015 The Guardian/Royal Photographic Society's Joan Wakelin Award. Sou fotógrafo sócio-documental, ensaísta e escritor. Acredito que o nosso foco têm que ser as pessoas; urge humanizar o planeta, alterar a relação que temos tido com a Natureza e garantir que não hipotecamos o futuro dos nossos filhos. Em 2015 o jornal The Guardian (UK) e a Royal Photographic Society distinguiram o meu trabalho atribuindo-me o Joan Wakelin Award.

One thought on “Perdido entre paisagem deslumbrante e gastronomia de exceção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: