Cidades desertas

Viseu, Abril de 2020 Ruas desertas, como a minha geração jamais vira – possivelmente poucos seres humanos terão testemunhado este estranho cenário. Domingo de Páscoa, ruas habitualmente cheias de famílias, turistas, o habitual frenesim das compras, do café, dos festivais que animam a cidade, dos passeios de domingo. Gente.  Ninguém. Vai ficar tudo bem, dizem-nos,Continue a ler “Cidades desertas”