Portugal 70 Anos Depois

Exposição itinerante, 2022 Estreou hoje, 2 de Abril, em Santarém, a exposição Portugal 70 Anos Depois. Inaugurada pelo Vereador da Cultura, Nuno Domingos, a exposição estará patente até dia 30 de Abril. Integrada nas comemorações do Dia da Liberdade na cidade escalabitana, a mostra de 18 fotografias do ensaio com o mesmo nome de JohnContinue a ler “Portugal 70 Anos Depois”

Portugal 70 Anos Depois

Depois de alguns milhares de quilómetros percorridos, de milhares de fotografias produzidas, de uma selecção criteriosa das melhores e dos melhores momentos, 76 imagens encontraram caminho até ao livro Portugal 70 Anos Depois, editado pela Sweetfields, em parceria com o Ministério da Cultura. A Peugeot patrocinou, simbolizando uma viagem empreendida há 70 anos por JeanContinue a ler “Portugal 70 Anos Depois”

Portugal 70 Anos Depois

Pensamentos sobre duas viagens A bordo do Peugeot 3008 Hybrid, pensamentos sobre o país que Jean Dieuzaide terá encontrado em 1953 e sobre aquele que encontrei em 2022. Portugal 70 Anos Depois é financiado pelo Ministério da Cultura através do Programa Garantir Cultura e tem a Peugeot como patrocinador principal. Apoios da Alvalade Mobile eContinue a ler “Portugal 70 Anos Depois”

De Dentro Para Fora – Inauguração da exposição e apresentação do livro

Quinta da Cruz, Centro de Arte Contemporânea, Viseu. Dia 19 de Dezembro de 2021 foi dia de apresentação do livro e inauguração da exposição homónima. Mais de sessenta pessoas testemunharam o momento. Muito obrigado a todos, bem hajam!! A exposição ficará patente até dia 19 de Março de 2022. De Dentro Para Fora – ExcertosContinue a ler “De Dentro Para Fora – Inauguração da exposição e apresentação do livro”

Redes, adeus até breve

A partir de 30 de Novembro deixarei de publicar em todas as redes sociais, excepto Instagram. Neste momento e em função da evolução negativa das redes sociais e, em especial, dos seus conteúdos, não encontro qualquer vantagem objectiva, pessoal ou profissional para continuar a publicar nas redes. Para todos aqueles que queiram continuar a seguirContinue a ler “Redes, adeus até breve”

Portugal 70 Anos Depois

Há 70 anos Jean Dieuzaide produziu um ensaio sobre Portugal, intitulado Portugal 1950. 70 anos depois John Gallo visita as mesmas cidades e locais que o fotógrafo francês eternizou, descobrindo, necessariamente, uma nação muito diferente. Portugal 70 Anos depois é, de certa forma, a sequela do ensaio original de Dieuzaide. Nas margens do Douro, naContinue a ler “Portugal 70 Anos Depois”

Arte e solidariedade, juntas

Terminou ontem a exposição “O Portugal que Nunca Pára – Olhar Viseu em Tempos de Pandemia” que esteve patente ao público no Forum Viseu, de 10 de Junho a 1 de Agosto. Uma palavra de agradecimento a todos aqueles que participaram neste projecto, palavra maior por razões óbvias – foram muitos os viseenses e osContinue a ler “Arte e solidariedade, juntas”

O Portugal que nunca pára

Foi inaugurada dia 10 de Junho, Dia de Portugal, no Forum Viseu, a exposição “O Portugal que nunca pára – Olhar Viseu em tempos de pandemia”. São 24 retratos, 41 retratados tendo a pandemia como tema central. Histórias de coragem, de abnegação, de entrega e de reserva. Para visitar até dia 10 de Julho deContinue a ler “O Portugal que nunca pára”

Transversalidades – Centro de Estudos Ibérico

Sou um dos fotógrafos convidados para os “IV Encontros Imagem e Território” – Transversalidades – Centro de Estudos Ibérico. Irei falar daquilo que as cidades tentam esconder a quem as fotografa, na apresentação de encerramento dos Encontros, dia 1 de Maio pelas 1830H (webinar). Fica o link para o programa completo: https://www.cei.pt/…/iv-imagem-territorio-programa.pdf Link para oContinue a ler “Transversalidades – Centro de Estudos Ibérico”

25 anos a fotografar – Parte IV, A Feira de São Mateus

Confesso que nunca morri de amores por feiras populares. Desde miúdo e apesar das diversões e das farturas, a desordem, a falta de higiene, o caos, a falta de segurança e o ruído ensurdecedor afastavam-me. Um dia, vivia há pouco mais de um ano em Viseu, entrei na Feira de São Mateus. Afinal era possível,Continue a ler “25 anos a fotografar – Parte IV, A Feira de São Mateus”