Um retrato do Mestre

Um retrato do Mestre – um dos melhores fotógrafos portugueses de sempre, sem margem para qualquer dúvida. Feira de São Mateus, 2017, Viseu – na “barraquinha” do Vintage, hamburgers tradicionais que lhe dei a descobrir e que o António adorou. Nikon D810, Nikkor AF-S 85mm f1.4G, Nikon SB900 1/125 @ f1.4, ISO 250

Amar-te é felicidade, produzido pela Chappa – Lauren Pinto

Com imenso orgulho que realizei e fui director de fotografia do video da Lauren Pinto “Amar-te é felicidade”. Magnífico, o cenário. 10 horas de recolha de imagem, 9 de edição, mais uma meia dúzia para o argumento e script. Estamos orgulhosos do que produzimos. Lauren, todos sentimos que este é o início de algo grande.Continue a ler “Amar-te é felicidade, produzido pela Chappa – Lauren Pinto”

Flash, slow and rear sync, zoom out and pan… and no Photoshop.

Os sistemas profissionais contemporâneos ajudam-nos de forma decisiva – será que Ansel Adams ou Robert Frank teriam tirado proveito de todas as soluções que os sistemas actuais nos oferecem? Esta fotografia, produzida no âmbito dos 625 retratos que comemoram os 625 anos da Feira de São Mateus (Viseu Marca), reúne num só frame uma sérieContinue a ler “Flash, slow and rear sync, zoom out and pan… and no Photoshop.”

Uma imagem solidária

Esta foi a fotografia que doei para a iniciativa Uma imagem Solidária. Nos dias 14 e 15 de Setembro no Mira Forum no Porto mais uma iniciativa de louvar a que aderiram mais de 200 fotógrafos. Nestas ocasiões sinto-me orgulhoso da profissão que escolhi. A fotografia faz parte do ensaio Inferno, sobre a tragédia de PedrogãoContinue a ler “Uma imagem solidária”

Retrato e grande angular

Há uma hipérbole muito interessante na perspectiva grande angular. Por razões óbvias convencionou-se que não se deve usar no retrato. Não posso concordar menos, especialmente na dimensão circunstancial de um retrato, em contexto. Sem desvirtuar o sujeito e quando a conjugação dos elementos permite, a grande angular dramatiza, por vezes enfatiza, o retrato de formaContinue a ler “Retrato e grande angular”

Metro do Porto, 15 anos depois

Estamos a produzir um ensaio e um documentário sobre uma das maiores obras de sempre realizadas em território nacional. Não, não estamos focados na obra, estamos focados na relação dos utentes com a infraestrutura, nos laços que se criam, nos momentos efémeros vividos a bordo e nas proximidades do Metro do Porto. Este é umContinue a ler “Metro do Porto, 15 anos depois”

Na inauguração da “Rua do Carmo vem ao Carmo”

E assim aconteceu. No Sábado ao final da tarde inaugurou-se a exposição conjunta John Gallo/L Filipe dos Santos no Carmo 81 em Viseu. Uma coleção de oito retratos de habitantes carismáticos da Rua do Carmo. A não perder, até 29 de Julho.

A Maria (Rueff) e o António (Homem Cardoso), na Aldeia da Pena, São Pedro do Sul

Pedia a Maria ao António que lhe tirasse uma fotografia, apesar de achar o pedido despropositado; seria como se lhe pedissem a ela, Maria, para fazer “umas piadas”, do nada. A cena aconteceu durante o ensaio para a rodagem de um pequeno filme promocional sobre a Aldeia da Pena (que a Chappa está a produzir),Continue a ler “A Maria (Rueff) e o António (Homem Cardoso), na Aldeia da Pena, São Pedro do Sul”

The ultimate Fujifilm X Series Lenses comparison

Fujinon XF 16-55mm f2.8 R LM WR versus four Fujinon primes: 16mm f1.4, 23mm f1.4, 35mm f1.4 and 56mm f1.2 We all know the commitment Fujifilm has to provide the best lenses one can have. We also know, as a rule of thumb, that zooms are for versatility and primes for optical quality and imageContinue a ler “The ultimate Fujifilm X Series Lenses comparison”