Night Errand

IMG_017

Night Errand. Inspirei-me no poema de Eric Berlin com o mesmo título para produzir este ensaio. Night Errand pode ser a história de alguém “high on ecstasy” deambulando pela cidade à procura de tudo e que acaba por nada conseguir encontrar.

IMG_009Ou porque não, errante, alguém perdidamente apaixonado – amor correspondido ou não, pouco importa – bordejando a loucura, perdendo-se cidade adentro.

IMG_004

Night Errand é um daqueles momentos universais, razões pouco ou nada importam – perdemo-nos na cidade, somos por ela absorvidos até nos tornarmos parte da sua malha, da sua traição, tragados pela maré de solidão em que ela nos envolve, repetidamente, agora, amanhã, depois, sempre.

IMG_020

Ou será apenas o impulso consumista – a necessidade permanente de consumir, de ter, de possuir, de morrer na teia de luzes psicadélicas de cores berrantes, apontadas a uma alma atraída para uma morte lenta, escravizada pela cultura neo-liberal?

IMG_022

Ou será apenas solidão? Daquela que mata, que mata por dentro sem que nunca se veja por fora. Daquela que consome as entranhas da alma, deixando-nos podres, egoístas, rancorosos, secos, incapazes de mergulhar na imensidão do mundo.

IMG_013

Ou será só uma viagem em que todos os tempos verbais se entrecruzam, em que universos paralelos colidem enquanto a náusea permanece? Náusea que se desfaz devagar, numa teia de fumo envolta em mistérios densos, adensados pela aspereza do tempo. Agastados, já não sabemos bem, mas será apenas uma viagem, disso estamos certos.

Leiam o poema de Eric Berlin – banda sonora? Harlem River, Kevin Morby.

Sem manipulação digital. Todas as imagens © John Gallo/Chappa 2019

 

Anúncios

No Surrender – Celebrating New Year!

_1011367-copiarFrom 2018 to 2019 – people having fun at Município de Viseu, Portugal.

_1011262-copiarIt was cold, but the party went on and on and on… Very special (micro) essay focused on one of the most iconic nights of the year.

_1011815.jpgThis will be part of my “No Surrender” series about Viseu – ongoing now for three years… Paying a tribute to the 40000 souls that celebrated New Year at Campo de Viriato.

Olympus HI-RES mode @ Feira de São Mateus in Viseu, Portugal

_9140063

One of the best features Olympus E-M1 Mark II has is its HI-RES Mode. The camera can produce up to 80MB RAW images with stunning detail, extremely high dynamic range and superb color rendition.

_9140097-2.jpg

This clever feature provides professional and amateur photographers with the ability to produce stills that rival the best medium format cameras available today – in a perfect slim, light, fast, durable and fashionable body.

_9140024.jpg

These images were produced at Feira de São Mateus in Viseu, Portugal – this is the oldest fair in the whole of the Iberian Peninsula, a real pearl shining now for 626 years (yes, in 2019 the fair celebrates edition 627)

_9140017.jpg

These are hi-res jpegs (far, far, from the detail, resolution and depth the originals have, but still I challenge you all to have a good look at every single one of these photographs… This is absolutely stunning stuff.

_9140075

All images © Feira de São Mateus/Viseu Marca/Chappa

Photographer: John Gallo, Summer 2018

Olympus OM-D E-M1 Mark II, M.Zuiko Digital PRO Lenses, ISO 64 to 200, Manfrotto Tripod, several seconds exposures.

Adobe Photoshop to taste

 

Richie Campbell

_8170118

O Verão passou tão rapidamente na Chappa que só percebemos o seu declínio (!) quando esta vaga de frio nos fez lembrar a chegada do Inverno. Foi um Verão tão intenso que fomos obrigados a esquecer as redes sociais quase por completo, trabalhámos arduamente em diversos projectos em seis municípios, produzimos algumas centenas de (boas) fotografias a partir de milhares de ficheiros e gravámos horas e horas de footage em C4K e em 4K. Estamos a pós-produzir alguns dos projectos que abraçámos este Verão.

_8170702Indubitavelmente o ensaio sobre a Feira de São Mateus, edição 626, foi um dos mais estimulantes. Desde a montagem até à desmontagem seguimos os personagens e acontecimentos na rainha de todas as feiras.

_8170339

Ficam algumas fotografias de um dos concertos mais memoráveis deste ano – Richie Campbell – um dos mais difíceis de fotografar, sem dúvida, pelo “constante e frenético movimento de todos os músicos em palco”…

Todas as imagens produzidas com Olympus E-M1 Mark II e objectivas M. Zuiko PRO. ISO entre 1600 e 12000. ACR and Photoshop to taste.

John Gallo é Senior Consultant e Professional Trainer da Olympus

© Viseu Marca/Chappa 2018

 

A Porsche no Caramulo

_6230265

Inaugurada no passado sábado, está patente ao público até dia 27 de Outubro a exposição “Porsche: 70 anos de inovação”.

_6230227

15 Porsche únicos, em que apenas um não é português, ilustram a história da marca alemã. Até o Porsche de James Dean pode ser visto no Caramulo.

Ficam as imagens, num certo tom vintage…

Todas as fotografias Olympus OM-D E-M1 Mark II, Olympus 12-40mm f2.8 PRO, Photoshop to taste (vintage look).

16000 ISO e 1/60s a 300mm: E-M1 Mark II. Ruído?

_6090714

Insisto, insisto, insisto: a performance da E-M1 Mark II a ISO elevado é extraordinária. Esta fotografia, de um dos elementos da Crew da Carminho, é bem prova daquilo que tenho vindo a afirmar. Não só evidencia a performance e ausência de ruído da Olympus, bem como demonstra a eficiência do estabilizador da câmara: 300mm a 1/60s…?

_6090783

A fotografia da Carminho em cima foi tirada a 16000 ISO, bem como as duas seguintes.

_6090746

_6090819

Notar que também a gama dinâmica é extraordinária; como sabemos à medida que o valor ISO aumenta a gama dinâmica reduz-se, passando de 13 ou 14 EV para sete ou oito, apenas. O processador True PIC VIII brilha, não deixando a imagem “empastelada”, sem detalhe, mas reduzindo de forma consistente o ruído gerado pelo sensor a ISO elevado.

Todas as fotografias © Município de Alfândega da Fé (Turismo de Portugal). RAW files (ORF) ACR converted, Photoshop to taste.

 

Shortcutz Viseu #97

_4270454

E mais uma… Edição #97 do Shortcutz Viseu. Como sempre, valeu bem a pena. Ficam as imagens, de rabo sentado no meio da assistência, como sempre.

_4270516

Parabéns ao Carlos, ao Luís ao Museu Nacional Grão Vasco e ao Município de Viseu.

Todas as fotografias Olympus PEN-F black, objectivas M.Zuiko Digital 17mm, 25mm e 45mm f1.8. ISO entre 2500 e 5000.

ACR converted, Photoshop to taste.