Carviçais 2019

Carviçais 2019

O famoso e ilustre Carviçais Rock, agora Carviçais em Torre de Moncorvo. Cartaz impecável para um dos mais antigos festivais de rock do Nordeste Transmontano – vivo e de boa saúde, recomenda-se…

Todas as fotografias © Município de Moncorvo

Anúncios

No Surrender – Celebrating New Year!

_1011367-copiarFrom 2018 to 2019 – people having fun at Município de Viseu, Portugal.

_1011262-copiarIt was cold, but the party went on and on and on… Very special (micro) essay focused on one of the most iconic nights of the year.

_1011815.jpgThis will be part of my “No Surrender” series about Viseu – ongoing now for three years… Paying a tribute to the 40000 souls that celebrated New Year at Campo de Viriato.

Carminho

_6090867.jpg

Concerto ao vivo – memorável. Ficam algumas fotografias de canções sentidas, cantadas com a alma que o fado – ainda que novo – exige.

Carminho encantou uma multidão enorme que, apesar da chuva e do frio, não arredou pé.

_6090962

Todas as fotografias com Olympus E-M1 Mark II, Olympus M.Zuiko Digital 40-150mm f2.8 PRO. ISO 1250 a 5000. ORF files ACR converted, Photoshop to taste.

Todas as fotografias © Município de Alfândega da Fé (Turismo de Portugal)

 

Os Lugares do Azeite Transmontano em exposição na Feira Nacional de Agricultura 2018

_dsf0435-copy

A edição deste ano da Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo tem como tema central o Olival e o Azeite. A direção da feira endereçou-me o convite para expor “Os Lugares do Azeite Transmontano” como obra ilustrativa do cultivo da azeitona, do fabrico e da cultura do azeite em Portugal. Estarão expostas 18 fotografias deste ensaio em local nobre do recinto.

_dsf9810lr-copy

_dsf6789-copy

Foi com imensa honra e orgulho que aceitei o convite. Passem por lá, de 2 a 10 de Junho.

https://feiranacionalagricultura.pt

 

 

Live gigs!

_8270527

O projecto que estamos a produzir para o Município de São Pedro do Sul e cuja conclusão se prevê para o Outono de 2018, inspira-se nas muito diversas mais valias do concelho – a maior estância termal da Península Ibérica e uma das maiores da Europa, a hotelaria de excelência que serve a cidade, a serra e a paisagem inimitável, a recuperação do balneário romano – que está em curso – e onde D. Afonso Henriques foi a banhos para tratar da sua perna partida.

_8270633

Ficam aqui algumas imagens produzidas durante o Festival da Água 2017, um dos festivais que enche a cidade durante os meses de Verão; estrelas da música nacional, RFM Dance Floor (completamente à pinha nas Piscinas do Gerós), gente muito bem disposta a animar uma cidade cheia de encantos.

Todas as imagens © Município de São Pedro do Sul

Todas as imagens Olympus OM-D E-M1 Mark II, Olympus M.Zuiko Digital, 75mm f1.8, 40-150mm f2.8 PRO + MC14 Teleconverter, Olympus 7-14mm f2.8 PRO.

ACR, Photoshop to taste, no digital manipulation.

L’Avalot – Teatro de Rua – AF, gama dinâmica e baixo ruído a ISO elevado.

_9010324-copiar

Há circunstâncias extraordinariamente difíceis para equipamento e fotógrafo. Quando se é amador (perdoem-me o abuso, nada tem que ver com o mérito de cada um) e “corre mal”, perdem-se imagens que tanto gostaríamos de ter registado com sucesso. Quem da fotografia faz profissão não pode falhar – o trabalho tem que ser entregue, com toda a qualidade exigível, no prazo acordado.

_9010439-copiar

Uma das tarefas mais difíceis com que me deparei foi o registo da prestação da companhia de teatro L’Avalot (Barcelona), teatro de rua, itinerante, com grandes efeitos pirotécnicos… à noite. Muito pouca luz (ISO elevado), movimentos erráticos (AF), enormes diferenças entre luz e sombra (gama dinâmica), composição difícil (público a correr para acompanhar o “desfile” pelas ruas, de telemóvel em punho), “maquinetas” e actores sempre a correr de forma imprevisível. O pesadelo perfeito.

São estes desafios que fazem, bastas vezes, a diferença entre o amador e/ou o fotógrafo menos treinado e (desculpem a imodéstia) o “seasoned photographer”. O conjunto de imagens produzido (publica-se pequena amostra) atesta igualmente o “state-of-the-art” da OM-D E-M1 Mark II da Olympus, quer ao nível do AF, quer da gama dinâmica, quer do baixo ruído a ISO elevado.

Todas as imagens: Olympus OM-D E-M1 Mark II, objectivas M. Zuiko Digital 12mm f2.0, 75mm f1.8, 40-150mm f2.8 PRO (ISO entre 1600 e 3200). Todas as fotografias em modo AF-C ou AF-TR.

ACR, Photoshop to taste. Sem manipulação digital.

 

 

 

ETAR Viseu Sul

Foi uma das obras mais importantes do Distrito – uma das ETAR mais desenvolvidas da Península Ibérica. _DSF1322

A ETAR Viseu Sul coloca Viseu no mapa no que concerne ao tratamento de águas residuais.

_DSF1370

Foi um dos ensaios produzidos para o FIF, em médio formato, sem preocupações jornalísticas. A ideia base, simples, foi trabalhar as formas, as sombras, a luz, os contornos – em alguns frames o resultado é quase abstracto ou, pelo menos pouco descritivo e “fora de contexto”.