Night Errand

Night Errand. Inspirei-me no poema de Eric Berlin com o mesmo título para produzir este ensaio. Night Errand pode ser a história de alguém “high on ecstasy” deambulando pela cidade à procura de tudo e que acaba por nada conseguir encontrar. Ou porque não, errante, alguém perdidamente apaixonado – amor correspondido ou não, pouco importa –Continue a ler “Night Errand”

Carminho

Concerto ao vivo – memorável. Ficam algumas fotografias de canções sentidas, cantadas com a alma que o fado – ainda que novo – exige. Carminho encantou uma multidão enorme que, apesar da chuva e do frio, não arredou pé. Todas as fotografias com Olympus E-M1 Mark II, Olympus M.Zuiko Digital 40-150mm f2.8 PRO. ISO 1250Continue a ler “Carminho”